José Arimatea

Rico comerciante, produtor de azeite entre outros negócios. Marido de Edissa e pai de Deborah. Faz parte do Sinédrio e do círculo de Pôncio Pilatos, frequentando o palácio. Como bom comerciante, mantém ótimas relações com todos. Sofre com o desaparecimento de sua amada esposa que, acometida por um sangramento crônico, parte para poupar a família da humilhação.  Ele se angustia constantemente, sem saber se Edissa está viva ou morta. Preocupa-se com Deborah, na árdua tarefa de cumprir seu papel de pai. Arimatea torna-se discípulo de Jesus. Ajudará a retirar da cruz o corpo do Messias, e o sepulta em túmulo de sua propriedade.